Índia - Uma mãe que nos ensina a viver

Querida Índia! Quero te agradecer cada instante vivido ao teu lado, por me dar à oportunidade de conhecer teus contrastes, experimentar todos os teus sabores e aprender com toda tua diversidade. Quando me tornei viajante em tuas terras pude observar pelas janelas da minha alma, a vida passando como se fosse estações de trem, como nuvens passando no ar ou como icebergs flutuando no mar. Senti a harmonia e a felicidade quando aliviei minha “bagagem”, quando abri espaço em meu coração, quando apaguei as impressões enganosas da minha mente e dei passagem: A mão que se estendia pedindo ajuda, ao olhar perdido de uma criança, ao moribundo que jazia a beira do Rio Ganges, ao barulho do trânsito... E, em cada gesto e detalhe de um movimento frenético, lá estava você, minha grande guru, me ensinando a navegar no desconforto, a superar meus medos e ter coragem de enfrentar o caminho, com força e determinação.

E você deu mais sentido ao meu roteiro de viagem que agora sigo em frente fluindo com os opostos. Afinal o viajante sabe que não pode se prender a nada, pois está no caminho da ação, sempre partindo e dividindo sua passagem com alguém, mas também sabe que o destino pode nos unir em uma próxima estação. Obrigado minha grande guru Índia!!!


Posts Em Destaque
Posts Recentes