Sinta-se livre para tirar qualquer tipo de dúvida ou propor trabalhos e parcerias.

 

Tel: 55(19) 99706-3900 (Vivo) e WhatsApp
Campinas - SP

contato@arteyoga.com.br

Entre em contato

Política de privacidade          Termos de uso

© 2019 por Katia Hardt

O que é eterno para você?

18/03/2018

Cada povo dentro da sua cultura, tem uma maneira de lidar com a morte, porém esse assunto ainda é um pouco desconfortável para muitos, talvez por representar o enfrentamento de algo desconhecido, um possível sofrimento ou até a perda de uma história de vida. O fato é que é a única coisa que temos como certa.
Se pensarmos que a vida diariamente está em constante movimento se transformando e, que não temos controle algum sobre isso, que ao dormir nunca saberemos ao certo como será o dia seguinte e nem mesmo se estaremos acordados para vivê-lo, então, qual seria a certeza que temos do processo existencial? O que seria a morte, se não a mudança de um estado para outro?
Contudo, se nos darmos conta que o maior sofrimento pode estar atrelado as nossas certezas e aceitarmos o fato que a vida é incerta, esse tipo de medo causador de tantos conflitos, pode se extinguir. Mas para isso, é preciso estarmos dispostos a nos conhecer melhor, saber que a realidade que estamos criando pode ser apenas um reflexo de um estado interno. 
Viver é um "contrato de risco", não há como escapar dos imprevistos e das surpresas que surgem diariamente, a todo instante aventuras acontecem, seja pequena, média ou grande. De alguma forma, ao chegar nesse mundo assinamos esse "contrato de risco", por isso, cabe a nós agora a escolha de sofrer com nossas certezas ou morrer para aquilo que tomamos como um fim, morrer para os produtos do ego, me refiro a estar consciente daqueles padrões de comportamento que mais geram conflito do que harmonia, de estar mais atentos para as nossas teimosias, que levam aos sentimentos densos e repetitivos, reflexo de um estado inconsciente, que sabemos que são misérias e mesquinharias humanas, como: raiva, ciúmes, inveja, avareza, melindres... Enfim, para todo tipo de atitude que mais aprisiona e limita, do que nos ajuda a progredir. Dessa forma, temos a oportunidade de morrer para o que nos faz “agonizar”, assim nos preparamos melhor para a morte do corpo e para essa jornada espiritual, que a vida se encarrega de nos apresentar dia-a-dia...
Por Katia Hardt


E ai, já pensou quais são as certezas que precisam morrer? E o que é eterno para você? 
Se você gostou, deixe seu comentário abaixo e compartilhe.

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

By being a warrior you will harmonize the Present-Past and Present-Future

March 31, 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes

January 17, 2019

Please reload

Arquivo